CFC, Fenacon e Ibracon solicitam à RFB ajustes no sistema do IRRF e de contribuições previdenciárias

Publicada em 8 de junho de 2022

Por Lorena Molter

Comunicação CFC

O Conselho Federal de Contabilidade (CFC), a Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícia, Informações e Pesquisas (Fenacon) e o Instituto de Auditoria Independente do Brasil (Ibracon) enviaram um ofício ao secretário Especial da Receita Federal do Brasil (RFB), Julio Cesar Vieira Gomes, para solicitar ajustes no sistema do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (IRRF) e de contribuições previdenciárias. O documento foi enviado nesta quarta-feira (8).

De acordo com o texto, as entidades vêm recebendo relatos da classe contábil informando a inclusão, equivocada, de débitos com exigibilidade suspensa. Tal fato, tem acarretado, de forma errônea, a emissão de certidões positivas com efeitos de negativa.

Esse problema, segundo o ofício, tem afetado tanto pessoas jurídicas quanto empregadores domésticos. As entidades informam que tanto o IRRF devido por empregadores domésticos quanto as contribuições previdenciárias em geral, não vencidas, têm sido interpretados, por um erro no sistema, como débitos de exigibilidade suspensa. Isso impede que esses contribuintes obtenham as suas Certidões Negativas de Débito.

Fonte: Conselho Federal de Contabilidade

Compartilhe isso:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

#Assuntos

#Tags

Shopping Basket