INSS garante mais tecnologia para agilizar o atendimento ao cidadão

Novo contrato com a Dataprev traz mais economia e transparência. Já com a Telebrás, agências terão conexões mais céleres e estáveis.

Publicado em 06/06/2022 16h47 Atualizado em 06/06/2022 16h52

O INSS e a Dataprev caminham juntos há 48 anos na promoção de soluções tecnológicas para garantir o reconhecimento do direito e a manutenção de benefícios à população. O contrato n° 30, assinado no último dia 25, consolida a evolução dessa parceria com melhorias nos meios de fiscalização, voltados à prestação do atendimento ao cidadão.

O instrumento viabiliza o acesso aos sistemas de atendimento, concessão de benefícios, processamento da folha de pagamento, cadastro das relações de trabalho do cidadão, entre outras atividades fundamentais para que a autarquia possa cumprir sua missão institucional de reconhecer direitos.

Para se ter uma ideia dessa evolução, o novo contrato representa uma economia de 11% com relação ao contrato de 2018.

Outra busca constante do INSS é pela garantia da qualidade dos serviços, mensurados por transações efetuadas e, portanto, pagos apenas pelo efetivamente entregue.

O INSS também firmou novo contrato com a Telebrás na mesma data para o fornecimento de links de internet. Com isso, as conexões serão mais céleres e estáveis nas unidades de atendimento do Instituto. A medida permitirá que, a cada novo ponto de rede for instalado, haja uma minoração dos custos com a Dataprev.

Para o presidente do INSS, Guilherme Serrano, o novo contrato com a Dataprev possibilita ao Instituto “um ganho com a racionalização do serviço, que refletirá em economia para o governo”.

“Avançamos na disponibilização dos dados ao INSS para fiscalização do cumprimento dos acordos de nível de serviço. Com isso, gera mais transparência ao Instituto. Esses acordos estão detalhados e focados na prestação do serviço ao cidadão”, reforçou o presidente da Dataprev, Gustavo Canuto.

Acompanhamento

O diretor de Tecnologia da Informação do órgão, João Rodrigues Filho, destaca ainda a autonomia que o novo contrato assegura ao INSS no monitoramento de níveis de serviço e na otimização da gestão dos processos de segurança cibernética.

O acompanhamento da execução contratual será feito pela equipe de fiscalização do contrato, formada por servidores das áreas de tecnologia, administrativa e de benefícios e relacionamento com o cidadão.

Fonte: Instituto Nacional do Seguro Social

 

Compartilhe isso:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

#Assuntos

#Tags

Shopping Basket