Ministério do Trabalho e Previdência anuncia a abertura de 196 mil postos formais de trabalho no mês de abril

Nos últimos 12 meses, já foram criadas mais de 2.6 milhões de novas vagas

Publicado em 06/06/2022 12h03

Dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) divulgados, nesta segunda-feira (30), pelo Ministério do Trabalho e Previdência, registraram saldo positivo do emprego com carteira assinada em abril em 196.966 postos de trabalho. No acumulado de janeiro a abril de 2022, o saldo é de mais de 770.593 mil novas vagas de emprego.

Em 12 meses foram criadas 2.6 milhões de novas vagas de emprego. Desde o início do governo do Presidente Jair Bolsonaro, de janeiro de 2019 a abril de 2022, foram criadas 3.986.761 novas vagas. No período de retomada do emprego formal, de julho de 2020 a abril de 2022, foi anunciado saldo de 4.742.977 novos postos de trabalho.

O secretário-Executivo do Ministério do Trabalho e Previdência, Bruno Dalcolmo, destacou durante a coletiva o aumento no número de trabalhos formais. “Chegamos a um patamar recorde da série no Brasil com estoque total de cerca de 41,5 milhões formais no país. Há apenas um mês, de toda a série, que tem algo superior a esse número. Então é algo a ser comemorado sem dúvida”, explica o secretário.

Sobre a geração de empregos nos setores econômicos, Dalcomo informou que “houve uma relativa recuperação dos serviços, setor que puxou a geração de empregos no ano passado e continua num patamar superior esse ano também. Dentro de serviços, vale um destaque para a área de educação. No ano passado teve um número de apenas 4 mil postos gerados e nesse ano, nós estamos com 17.182 postos gerados”.

Setores

O setor de Serviços foi o grande destaque do mês, com a geração de mais de (117.007) mil novos postos de trabalho formais, distribuídos principalmente nas atividades de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas (39.610). Destaque também para administração pública, defesa e seguridade social, educação, saúde e serviços sociais (35.035). Também para alojamento e alimentação (19.416).

O segundo maior crescimento do emprego formal ocorreu no setor de comércio, com saldo de 29.261 mil novos postos de trabalho formais.

O setor de indústria teve um saldo no mês de abril de 26.378 mil novas vagas formais de trabalho. A construção apresentou 25.341 novas vagas de emprego.

Regiões

Todas as 27 Unidades da Federação registraram saldo positivo na geração de empregos, com destaque para a região Sudeste. Os estados que mais abriram postos de trabalho foram: São Paulo (53.818 postos); Rio de Janeiro (22.403); e Minas Gerais (20.059).

Fonte: Ministério do Trabalho e Previdência

Compartilhe isso:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

#Assuntos

#Tags

Shopping Basket